Notícias

Walmir Terra: Centésima medalha em São Roque

Troféus conquistados por Isabella Lacerda e Henrique Avancini nas provas de elite à parte, um ciclista mostrou-se radiante na etapa de São Roque por ter comemorado seu centésimo pódio na categoria PNE (Portadores de Necessidades Especiais) da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike. Cego do olho esquerdo, o carioca de Petrópolis, Walmir Terra, de 57 anos, foi segundo em São Roque, alcançando a marca histórica para sua coleção.

“Optei pelo ciclismo quando tinha 40 anos para tentar me livrar do álcool e das drogas. E consegui. Bebia, fumava, cheirava e o que mais viesse. O médico me deu no máximo mais seis meses de vida”, contou Walmir, grato à bicicleta. “Recuperei em cima de uma bike a saúde e o dinheiro que joguei fora. Hoje, minha cachaça tem duas rodas e eu continuo me curando, todos os dias em que pedalo”.

O ciclista veterano começou a disputar a CIMTB Levorin em 2007, na etapa de Congonhas (MG). Em São Roque, correu pela primeira vez em São Paulo. Já havia competido em Minas, Rio e Bahia. Decidiu percorrer longa distância pela primeira vez há dez anos. Levou 9h30 para ir de Juiz de Fora (MG), onde reside, a Itaipava (RJ). Atualmente, pedala durante 4h30 para cumprir o mesmo percurso. “Sempre que posso conto essa história. Não por orgulho, mas para deixar o exemplo a quem quiser espelhar-se”.