Tag: jogos pan-americanos

Raiza termina o Pan em quinto lugar, seguida por Isabella. No masculino, Rubinho fica em sétimo

A goiana Raiza Goulão (AOO Specialized), os mineiros Isabella Lacerda (LM/Shimano) e Rubinho Valeriano (AOO Specialized) e o paulista Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano), destaques da CIMTB Levorin, formaram a delegação brasileira na prova de cross country dos Jogos Pan-Americanos 2015, disputada neste domingo em Toronto, no Canadá.

Participando pela primeira vez de um Pan, Raiza ficou na quinta colocação, com o tempo de 1h35min17s, seguida de perto pela também estreante Isabella, sexta colocada (1h35min46s). As canadenses Emily Batty e Catharine Pendrel, respectivamente primeira e segunda colocadas, e a norte-americana Erin Huck, terceira melhor, formaram o pódio.

“Mantive-me entre as dez primeiras na volta inicial, e depois consegui melhorar a minha posição. Mas, após a terceira volta, senti um pouco o ritmo e acabei perdendo velocidade”, disse Raiza. “Fiquei satisfeita com meu rendimento, principalmente por ter conseguido fazer uma prova sem erros. Estou muito feliz por ter representado o Brasil em uma competição tão importante”, afirmou Isabella.

Entre os homens, Cocuzzi foi outro a debutar em jogos Pan-Americanos, finalizando a prova em 16º, com o tempo de 1h44min49s. Em sua terceira participação, Rubinho, medalhista de prata em 2007, no Rio, e quinto colocado em Guadalajara (México), há quatro anos, ficou na sétima posição, ao cruzar a linha de chegada do circuito de Toronto em 1h36min37s.

Raiza, Isabella, Rubinho e Cocuzzi representam o Brasil no Pan

Quatro dos principais ciclistas da CIMTB Levorin formarão a delegação brasileira do mountain bike nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, neste fim de semana. A goiana Raiza Goulão, os mineiros Isabella Lacerda e Rubinho Valeriano e o paulista Luiz Henrique Cocuzzi estarão na disputa por uma medalha na prova de cross country, no domingo (12).

Entre as mulheres, as brasileiras terão fortes adversárias, como a mexicana Daniela Campuzano, campeã da primeira etapa da CIMTB Levorin 2015, em Araxá. “Vou em busca do meu melhor, desejo finalizar entre as cinco primeiras pelo menos. Quero conseguir representar bem o Brasil e também seguir em forma para o restante da temporada”, disse Raiza, prestes a competir no Pan pela primeira vez, assim como Isabella.

“Apesar de ser uma competição classe 3 [de baixa pontuação para o ranking mundial, segundo os critérios da UCI], o Pan é muito importante, porque é o evento que antecede a Olimpíada, servindo como preparação para o Rio 2016. Poder representar o país num evento tão importante será uma experiência incrível, estou muito feliz”, afirmou Isabella.

Na prova masculina, o Brasil contará com a experiência de Rubinho Valeriano, medalhista de prata no Pan do Rio de Janeiro, em 2007, e quinto colocado nos Jogos de Guadalajara, em 2011. Cocuzzi, por sua vez, fará a estreia na competição continental.

“O Pan vale poucos pontos UCI, mas representar o nosso Brasil é uma responsabilidade e uma emoção muito grandes. O reconhecimento obtido com uma medalha é algo inestimável”, declarou Rubinho. “Sendo um atleta sub-23 ainda, é uma vitória receber a convocação para fazer parte da delegação brasileira no Pan. Representar o país é uma grande responsabilidade, mas estou tranquilo e tentarei fazer o melhor”, disse Cocuzzi.