Tag: CIMTB Levorin

Líderes nos três estágios, Brasil e EUA são campeões da 1º etapa da CIMTB Levorin

Henrique Avancini e Chloe Woodruff foram os mais rápidos na somatória de tempo. Decisão aconteceu na tarde de domingo (15).

O dia foi de decisão e muita poeira na primeira etapa da CIMTB Levorin em Araxá. O brasileiro Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) e a americana Chloe Woodruff (Stans-Pivot Pro Team P/B) foram os grandes campeões do Cross Country Olímpico (XCO) na tarde deste domingo (15). Os dois também levaram a melhor na classificação geral. Os vice-campeões do XCO e geral ficaram com os brasileiros Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan) e Raiza Goulão (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team). Compõe os terceiros lugares, Catriel Soto e Agustina Apaza da Seleção Argentina.

“Atmosfera de Araxá é especial”, afirma Avancini (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

Avancini, que venceu pelo quinto ano consecutivo a primeira etapa da CIMTB Levorin, falou da importância da competição no cenário de MTB Mundial. “Eu já cheguei em Araxá muito bem fisicamente, motivado, precisando da vitória, já vivi muitas situações aqui, e vencer cinco anos uma prova desse nível não e nada fácil. Eu só consigo extrair essa performance pelo que o evento significa para mim e para o Moutain Bike brasileiro, o que eu consigo aqui vai muito além da minha condição física, a atmosfera de Araxá é especial, por isso eu sempre dou trabalho aqui e espero isso sempre” ressaltou.

A disputa foi intensa na Super Elite Masculina. Com poucos segundos de diferença durante toda a prova, Cocuzzi não deu mole e pedalou forte para tentar ultrapassar Avancini nos últimos metros da pista sobre os gritos da torcida que lotou o complexo do Barreiro nos três dias de evento. “A disputa foi forte durante a corrida inteira, no final eu tentei uma ultrapassagem mais forte principalmente na descida Dona Beja e nos metros finais peguei um impulso para acelerar forte, mas ele ainda permaneceu foi uma disputa muito forte fiquei muito feliz”, afirmou.

Domínio americano entre as mulheres
Na Super Elite Feminina, apesar da brasileira Raiza Golão ter conquistado o lugar mais alto do pódio na Short Track, a americana Chloe permaneceu em primeiro no geral. “Esse é um evento fantástico e é minha primeira vez em Araxá, já é a minha quarta vez no Brasil e eu não tenho nada a reclamar, pretendo voltar, todos são muito legais e tem essa energia incrível, definitivamente hoje foi um dia maravilhoso. A pista é fantástica, muito rápida e difícil, eu estava muito empolgada para essa corrida, a Raiza é uma competidora muito forte e fizemos uma bela corrida juntas, fiquei muito feliz com meu resultado” comentou a campeã.

Chloe e Raiza fizeram disputa emocionante (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

Raiza Goulao que pedalou com estratégia reconheceu o feito da americana e quer focar agora na Copa do Mundo de MTB. “Eu tinha feito uma estratégia e percebi que ia faltar no final, eu vi a Chloe no Pan e sabia que ela corria muito. Na última volta, na parte técnica eu estava ganhando alguns segundos, mas desgastei. De qualquer forma estou muito feliz com o resultado, agora é hora de recuperar e me preparar para a Copa do Mundo”, finalizou.

Confira o top 10 do Resultado Final da Etapa

Super Elite Feminina

  1. Chloe (Woodruff Stans-Pivot Pro Team) – 2h20’12”275
  2. Raiza Goulao Henrique (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team) – 2h20’44”738
  3. Agustina Maria Apaza (Merida Argentina) – 2h24’04”858
  4. Paula Quiros (Gili Bike) – 2h26’19”163
  5. Luciana Roland (Selección Argentina Xco) – 2h31’06”703
  6. Leticia Jaqueline Soares Candido (Audax Fsa) – 2h34’03”635
  7. Ines Gutierrez (Massi) – 2h34′49”493
  8. Viviane Favery Costa (Cannondale Brasil Racing) – 2h34’49”553
  9. Hercilia Najara Ferreira De Souza (Ciclovia Team / Seja Biker) – 2h36’07”144
  10.  Maria Fernanda Castro (Avulso) – 2h39’28”058

Super Elite Masculina

  1. Henrique da Silva Avancini (Cannondale Factory Racing) – 2h16’19”529
  2. Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan) –  2h16’22”367
  3. Catriel Andres Soto (Selecion Argentina De Mtb) – 2h17’28”483
  4. Keegan Swenson (Stans-Pivot Pro Team P/B) – 2h19’31”001
  5. Shlomi Haimy (Avulso) – 2h19’55”040
  6. Rubens Donizete Valeriano (Sense Factory Racing) – 2h19’56”644
  7. David Rosa (Portugal) – 2h20’16”396
  8. Daniel Grossi Soares De Souza (Groove/Chaoyang/Shimano/Asw) – 2h20’29”610
  9. Jose Gabriel Marques De Almeida (Groove Chayoang Shimano Asw) 2h20’41”130
  10.  Sherman Trezza De Paiva (Cannondale Brasil Racing) – 2h21’01”408

CIMTB Levorin
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

 

 

 

Concurso de Redação e Desenho premia alunos e professores de Escola Municipais

Premiação foi na tarde de domingo (15). Tema foi “Bicicleta no Trânsito: Mobilidade, Segurança e Saúde”

Alunos e professores receberam prëmios (FotoÇ Alice Moura / Divulgação)

Alunos de 12 escolas da rede pública de ensino de Araxá participaram do concurso de Redação e Desenho da CIMTB Levorin. Com objetivo de estimular a criatividade e disseminar os benefícios da bike, os estudantes produziram textos e desenhos sobre o tema “Bicicleta no Trânsito: Mobilidade, Segurança e Saúde”. O vencedor na categoria desenho foi o aluno Bernardo Henrique Messias da Escola Municipal Dona Gabriela, que juntamente com a professora levaram para casa uma bike da marca Houston. Já na redação venceu a estudante Julia Santos Rodrigues da Escola Municipal Alice Moura. A premiação aconteceu na tarde deste domingo (15).

A professora de Júlia, Andreia Cristina de Moraes Miranda, disse que a ação soma para as atividades dentro de sa;a de aula. “É muita felicidade para uma professora ter alunos com esse reconhecimento, que se interessam pela língua portuguesa, a elaboração de textos. Acredito que para conseguir ser premiada o foco é a leitura e nós não deixamos o alunos sem esse aprendizado, é um reconhecimento muito importante para a escola e para nós”, disse.

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

 

Bruna Elias e Gustavo Xavier são campeões da Júnior na CIMTB Levorin em Araxá

Manhã de domingo (15) movimentou complexo do Barreiro com largadas da CIMTB Levorin. Cerca de 600 atletas participaram da competição

Gustavo Xavier levou a melhor no Masculino da Júnior (Foto: Thiago Lemos / CIMTB Levorin)

Torcida grande e muita emoção no último dia da CIMTB Levorin. A manhã de domingo (15) foi agitada no Complexo do Barreiro em Araxá. O terceiro dia de provas da CIMTB Levorin reuniu cerca de 600 competidores. Na categoria Júnior os atletas aceleraram forte na pista e quem levou a melhor no feminino foi a atleta Bruna Elias (Specialized Racing BR), logo atrás a competidora Marcela Lima Braga Matos (Groove / Chaoyang / Shimano / Asw) cruzou a linha de chegada. No masculino, Gustavo Xavier (Audax FSA / OBC) com vantagem segurou o lugar mais alto do pódio no masculino, seguido por Thiago Freitas Souza.

Para Bruna, que se despede da categoria Júnior esse ano, a prova de hoje foi uma oportunidade de carimbar a recuperação que vem fazendo na temporada. “Correr em Araxá sempre renova as energias, quero agradecer a todos pois não comecei o ano muito bem, mas já estou me recuperando, vou me preparar para ir em todas as etapas, tento que entregar o meu melhor e hoje foi um dia em que eu acertei. A última volta foi a mais redonda fiquei muito feliz com o resultado”, afirmou.

Gustavo Xavier confirmou o favoritismo e cruzou a linha de chegada com vantagem. “Foi uma prova super dura, um circuito muito pesado, mas consegui fazer uma boa largada e abrir uma vantagem a partir da segunda volta, fiz de tudo para colocar meu ritmo na competição. Nesse meu primeiro ano de Júnior está dando tudo certo, quero continuar participando de muitas competições internacionais pra evoluir’’, comentou.

Bruno mostrou superação e conquistou 3º lugar na PNE (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

PNE
Na categoria PNE, o destaque foi para o atleta Cicero Lima (Quanto Teen Rice) do Distrito Federal, que perdeu o movimento do braço direito há três anos quando sofreu um acidente de moto e começou a competir na categoria. Logo atrás, o atleta José Antônio Pereira de Araújo em segundo lugar e Bruno Grizante Paim (Audax FSA) em terceiro.

“Essa vitória não foi fácil, briguei com adversários que são muito fortes. A PNE é uma categoria muito forte. É a primeira vez que eu venho a Araxá, e desde que eu sofri o acidente eu decidi usar isso como fonte de superação, é na bike onde eu me sinto no céu. Tudo muito excelente. É a primeira vez que eu corro com o apoio da torcida vibrando na pista e isso me deu forças pra conseguir e já estou pensando no ano que vem” ressaltou.

Mirim
As crianças também aproveitaram o dia, na Mirim mais de x crianças receberam medalhas.  Franciele Aparecida veio de Frutal-MG só para ver o filho Arthur Santana rodrigues, 7 anos, na corrida. “É muito importante a prática de esporte desde pequeno, meu filho tem contato com a bike e gosta de andar na terra desde muito cedo e a gente sempre o incentiva. acredito que inserir o esporte na vida da criança é maravilhoso, é a melhor forma de incentivar os hábitos saudáveis além disso todos estão gostando muito de Araxá, e desse evento incrível”, comentou.

Categoria Mirim incentiva o esporte na CIMTB Levorin (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

CIMTB Levorin
O terceiro dia de provas da CIMTB Levorin reuniu cerca de 600 competidores. Logo no início do dia largaram as categorias Sub17, Segurança Publica, Sub60/PNE, Over 60 e Sub15 em seguida os competidores das categorias Sub40, Sub45, Sub50, Sub55 e Mirim entraram na pista e fechando a manhã com chave de ouro os atletas da Júnior Masculina e Feminina.

A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

 

Noite na CIMTB Levorin reúne Desafio Audax Cyclocross/Gravel, E-bike e Night Run

Ganhador de Cyclecross evou uma Audax XC. Provas aconteceram na noite de sábado (14).

Desafio Audax de XC estreeou na CIMTB Levorin (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

O segundo dia de competição da CIMTB Levorin encerrou com estreia: o Desafio Audax Cyclocross/Gravel. A prova fez sucesso entre os competidores da modalidade. O atleta Valmor Hausmann (Soul Cycles) se manteve invicto durante a competição e concluiu o percurso com 19’08”. Os competidores pedalaram durante quinze minutos e deram outras duas voltas na pista de cerca de 2 km. O ganhador foi premiado com uma Audax XC.

A modalidade que é um ‘parente’ próximo do mountain bike, o CX,  surgiu na Europa para manter os atletas em forma e aquecidos no inverno e chega à CIMTB Levorin para deixar a competição mais eletrizante. “É uma modalidade que tem muito a agregar no mtb brasileiro pelo fato de usar muito a sensibilidade do corpo. A bike não tem suspensão e o pneu é mais fino. Tudo isso é muito bom para evoluir a técnica do mtb, o que já é feito la fora. É a primeira vez que Araxá promove essa modalidade e eu já participo da CIMTB há oito anos, gostei muito da iniciativa”, comentou.

E-bike reuniu adrenalina e emoção (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

E-bike
Na categoria E-bike a poeira levantou. Os atletas aceleraram no percurso que teve o mesmo tempo e número de voltas do Cyclocross. O ganhador Gustavo Vilela de Moraes concluiu a prova com 17’10”. “Gostei muito da corrida, eu nunca tinha participado e nem tinha usado uma E-bike, me surpreendi por ter sido a noite, tendo uma dificuldade a mais na pista que tem alguns obstáculos e muitas curvas. Acredito que isso agregou ainda mais”, destacou.

 

 

Night Run
A Corrida a Pé reuniu mais de 100 atletas que correram por entre as árvores do Barreiro. Os corredores mudaram a atmosfera em torno do Tauá Grande Hotel. A pista é a mesma usada pelos atletas que correm o XCO do mountain bike. Os competidores percorreram cerca de 5.6 km. O campeão veio de Conselheiro Lafaiete (MG), Ernani de Souza (Clube Dom Pedro II / Kailash) que concluiu o percurso em 28”05′ e no feminino Marilia Jorge de Bastos, de Pirenópolis, terminou com 36”57′.

Marília contou que decidiu correr depois que o marido se inscreveu para a CIMTB Levorin. “É a primeira vez que corri em Araxá, mas já tinha corrido em Pirenópolis. Lá tem muita subida mas aqui também não deixa a desejar e mesmo caindo duas vezes, foi um privilégio. Não imaginei que ia ganhar e estou feliz demais. Ano que vem quero estar de volta”, comentou.

Night Run mudou a atmosfera do Tauá Grande Hotel (Foto: Thiago Lemos / CIMTB Levorin)

Veterano, Ernani disse que aproveita a CIMTB Levorin para pedalar e correr a Night Run. “É a terceira vez que eu venço a Night Run. Primeiramente é uma prova muito bem organizada, que aproveita a pista de mountain bike, o que acaba se ajustando para a corrida a pé. Fica muito Bacana, muito bem organizada. A prova acontece de forma plena, não dá pra perder”, disse.

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

 

 

 

 

 

 


Night Run

 

 

Campeã do Pan-americano leva a melhor na Copa Sense Bike em Araxá

Giuliana foi a mulher mais veloz da Copa Sense Bike. Competição foi na tarde deste sábado (140

Giuliana foi a mulher mais veloz da Copa Sense Bike (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

Aos 14 anos, Giuliana Salvini Morgen (Sense Factory Racing) já coleciona conquistas. Após o ouro no Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike, na Colômbia, a atleta brasileira foi a campeã na categoria feminina sub-19 da CIMTB Levorin neste sábado (14). Com duas voltas no percurso, Giuliana foi a mulher mais veloz da Copa Sense Bike, a primeira a cruzar a linha de chegada, com 47’56”.

Apesar de jovem, a competidora conhece bem a pista em torno do Tauá Grande Hotel. Giuliana estreou na CIMTB Levorin em 2017 quando decidiu seguir os passos do pai, multi campeão em provas de mountain bike Albert Morgen. ‘Entrei no MTB no ano passado e Araxá foi minha primeira prova. Tive alguns problemas, passei mal e por isso fiquei em quinto lugar, mas agora, senti a pista um pouco mais longa e mais rápida, e foi uma corrida sensacional pra mim’’, afirmou.

Com uma carreira promissora pela frente, Giuliana é de Petrópolis (RJ), mesma cidade de Henrique Avancini, e tem como objetivo deixar marcas no mountain bike brasileiro. ‘Acho que o sonho de todo atleta é ser campeão mundial, eu sei que é um sonho muito grande, mas vou continuar lutando por isso’, comentou.

Copa Sense Bike reuniu cerca 650 atletas (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

Copa Sense Bike
Mantendo a tradição na CIMTB Levorin, cerca de 650 atletas amadores em nove categorias diferentes levantaram poeira na tarde desse sábado (14) na pista Cross Country Olímpico (XCO) em torno do Tauá Grande Hotel.

A quantidade de voltas é definida pela categoria. Atletas da categoria Expert, Cadete e Master deram três voltas, os inscritos nas categorias Veterano, Peso Pesado e categorias femininas sendo sub-19, sub-35, sub-45, Over-45 completaram duas voltas.

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

Passeio Ciclístico movimenta município e incentiva o esporte em Araxá

Passeio reuniu cerca de 150 atletas e aconteceu neste sábado. Ciclistas pedalaram de Araxá até o barreiro. 

CIMTB Levorin sorteou bicicleta da marca Houston (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

O Passeio Ciclístico da CIMTB Levorin reuniu cerca de 150 atletas. O Passeio saiu de frente do Estádio Fausto Alvim, no centro de Araxá e foi até o evento que acontece no parque do Barreiro, em torno do Tauá Grande Hotel. Os ciclistas pedalaram cerca de 6 km até a CIMTB Levorin, e lá participaram de diversos sorteios de brindes e uma bicicleta da marca Houston.

O passeio é uma forma de incluir amantes da bike no evento, independente de serem competidores ou não. “Queremos incentivar o esporte e levar para a cidade a CIMTB Levorin. Essa é uma forma de movimentar também o município com o esporte e com o evento. Além disso, depois de pedalar até aqui, os ciclistas tem a chance de aproveitar a competição, acompanhando as provas e vendo todas as novidades que a feira da CIMTB Levorin traz”, comentou o organizador da CIMTB Levorin, Rogério Bernardes.

O Passeio Ciclístico conta com o apoio da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, e Assessoria de Trânsito e Transporte de Araxá.

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro. A Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

Brasil e Argentina sobem nos lugares mais altos do pódio na Short Track da CIMTB Levorin

Raiza Goulão e Catriel Soto foram os campeões da Short Track. Prova aconteceu em Araxá neste sábado (14)

Abrindo as competições do segundo dia de provas da CIMTB Levorin, quem levou a melhor no Short Track da Super Elite Feminina foi a atleta brasileira Raiza Goulão (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team). No masculino, o argentino Catriel Soto (Selección Argentina) foi o campeão do dia, com o resultado levou a camisa de líder. Completando o pódio do feminino, na manhã deste sábado (14), estava a atleta americana Chloe Woodruff (Stans-Pivot Pro Team P/B) que se manteve na liderança da etapa, seguida pela argentina Agustina Apaza (Selección Argentina). Já no masculino, há poucos segundos de diferença de Catriel, veio o atleta Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan), seguido por Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing).

Raiza agora diz que agora objetivo é recuperar para o XCO (Foto: Thiago / CIMTB Levorin)

No feminino, a disputa foi forte entra as atletas Raiza e Chloe, mas a brasileira conseguiu manter a liderança na maior parte da prova. “Agora é recuperar total que amanhã é o grande dia, eu já venho um pouco cansada dos dias que se acumularam, todo mundo sabe que um pequeno erro pode te tirar da briga pelo ouro. A Chloe teve uma pequena queda mas voltou muito forte o que gerou uma disputa bem legal. Fiquei muito feliz em disputar com ela e espero que amanhã eu consiga manter o ritmo.’’ afirmou.

Mesmo vindo de uma queda no início da disputa, a atleta americana seguiu firme atrás da campeã, porém não conseguiu alcançar nas voltas finais. A competidora que estreou com vitória na CIMTB Levorin na sexta-feira, busca foco para fechar com chave de ouro no domingo. “Eu tive uma queda mas depois tentei ser mais esperta e manter a velocidade, consegui chegar cada vez mais perto da Raiza nas últimas voltas, mas não consegui acompanhar na última, ela foi muito rápida, então eu foquei em terminar e agora já estou pensando em amanhã. Eu estou amando estar na cidade, é muito bonita, o hotel é muito confortável e eu tenho tudo que preciso aqui, estou em um ótimo momento’’, comentou.

Disputa acirrada na Super Elite Masculina (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

Já na Super Elite Masculina o atleta argentino Catriel Soto (Selección Argentina) garantiu a camisa de líder e subiu no lugar mais alto do pódio. “É uma prova muito curta, que se adapta muito as minhas características. Tive uma prova boa, a sensação é que eu melhorei em relação ao contrarrelógio e faltando duas voltas eu me mantive no grupo da frente, quando vi que cheguei ali, vi que conseguiria me manter naquela posição. Na última descida, entre o Avancini e o Cocuzzi, foi um pouco difícil porque a força já estava acabando. A prova estava muito aberta e espero seguir melhorando.  Muitos corredores na frente’’, afirmou.

Com apenas um segundo de diferença, Luiz Henrique Cocuzzi apostou na estratégia para conquistar o segundo lugar. “Com certeza fiz uma prova muito estratégica, a pista do Short Track tem algumas subidas pesadas que se forçar muito acaba pagando um preço no final, hoje particularmente teve muita marcação, teve muita disputa, tentei passar o Catriel, mas fiquei muito feliz com o resultado’’, finalizou.

Confira os dez primeiros do feminino:

  1. Raiza Goulao Henrique (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team) – 40’32”672
  2. Chloe Woodruff (Stans-Pivot Pro Team P/B) – 40’47”316
  3. Agustina Maria Apaza (Merida Argentina) – 40’59”704
  4. Paula Quiros (Gili Bike) – 41’47”147
  5. Luciana Roland (Selección Argentina Xco) – 43’07”542
  6. Leticia Jaqueline Soares Candido (Audax Fsa) – 43’35”921
  7. Viviane Favery Costa (Cannondale Brasil Racing) – 44’19”056
  8. Maria Fernanda Castro (Avulso) – 45’00”991
  9. Hercilia Najara Ferreira De Souza (Ciclovia Team/Seja Biker) – 45’19”178
  10. Karen Olímpio (Avulso) – 45’49”178

Confira os dez primeiros do masculino:

  1. Catriel Andres Soto (Selecion Argentina De Mtb) – 34’56”578
  2. Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan) – 34’57”195
  3. Henrique Da Silva Avancini (Cannondale Factory Racing) – 34’57”781
  4. Shlomi Haimy (Avulso) – 35’05”082
  5. Keegan Swenson (Stans-Pivot Pro Team P/B) – 35’05”502
  6. Jose Gabriel Marques De Almeida (Groove Chayoang Shimano Asw) – 35’11”485
  7. Sherman Trezza De Paiva (Cannondale Brasil Racing) – 35’11”953
  8. David Rosa (Portugal) – 35’12”899
  9. Rubens Donizete Valeriano (Sense Factory Racing) – 35’14”258
  10. Daniel Grossi Soares De Souza (Groove/Chaoyang/Shimano/Asw) – 35’17”770

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

Estados Unidos e Brasil sobem no pódio no Contrarrelógio da CIMTB Levorin

Chloe Woodruff e Henrique Avancini foram os primeiros colocados. Prova aconteceu na tarde desta sexta-feira (13).

A atleta americana Chloe Woodruff (Stans-Pivot Pro Team P/B) e o brasileiro Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) foram os campeões do primeiro estágio da Super Elite na CIMTB Levorin. O contrarrelógio aconteceu na tarde desta sexta-feira (13) em Araxá. No feminino, completaram o pódio a argentina Agustina Apaza (Selección Argentina) e a brasileira Raiza Goulão (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team). Já no masculino, Catriel Soto (Selección Argentina) chegou em segundo lugar com alguns centésimos de diferença de Avancini, e Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan) completou com a terceira colocação.

Avancini disse que resultado foi acima da expectativa (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

No lugar mais alto do pódio, o brasileiro Henrique Avancini disse que o objetivo era concluir a prova de forma mais controlada, já que ele vem de uma maratona de competições. “Eu não estou tão explosivo e eu sei o que eu posso fazer. O resultado foi muito acima da minha expectativa, terminar com o primeiro tempo, mesmo com a margem muito pequena, pra mim é uma grande vantagem. A gente tem mais dois dias de competições pela frente e eu espero me manter em equilíbrio e fazer uma prova inteligente como eu fiz hoje”, comentou.

O segundo colocado, Catriel Soto comparou a prova com a de 2017, no qual terminou com o primeiro lugar. “Não fui tão bem comparando com o ano passado. Em 2017 eu me sentia um pouco mais forte para esta prova. Creio que não cometi nenhum erro no ano passado, justamente por isso consegui a vitória. Este ano não encontrei o ritmo de início, tentei perder a menor quantidade de tempo possível e no final eu terminei com um bom resultado, com alguns centésimos de segundo depois do Henrique e continuamos na briga”, comentou.

Confira os 10 primeiros:

  1. Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) – 15’55”676
  2. Catriel Soto (Selecion Argentina De Mtb) – 15’56”568
  3. Luiz Henrique Cocuzzi (Lar – Scott – Mauro Ribeiro – Vzan) – 15’58”954
  4. Keegan Swenson (Stans-Pivot Pro Team P/B) – 16’19”376
  5. Rubens Donizete Valeriano (Sense Factory Racing) – 16’24”592
  6. Sherman Trezza (Cannondale Brasil Racing) – 16’30”295
  7. Shlomi Haimy (Israel) – 16’31”376
  8. Daniel Grossi (Groove/Chaoyang/Shimano/Asw) – 16’33”289
  9. David Rosa (Portugal) – 16’35”000
  10. Yonathan Josue (Venezuela) – 16’36”816

Feminino
Já a americana Chloe Woodruff estreou na CIMTB Levorin com uma vitória. “Estava difícil, mas as condições estavam ótimas, a pista é muito divertida e consegui a explosão necessária da prova. A pista é muito legal, é muito rápida e tenho certeza que no Short Track vamos disputar muito próximas umas das outras. Isso vai ser emocionante”, disse.

Americana estreou com vitória na CIMTB Levorin (Foto: Thiago Lemos / CIMTB Levorin)

A argentina Agustina Apaza ficou com a segunda colocação e satisfeita com o resultado. “Eu gosto muito dessa corrida, do circuito e eu fiz uma volta muito correta e controlada. Eu acredito que fiz como no último ano em que fiquei com a primeira colocação, sem erros, sem cair. Desta vez, eu sabia que o nível estaria mais alto e eu tinha que ir mais forte”, comentou.

Confira as 10 primeiras:

  1. Chloe Woodruff (Stans-Pivot Pro Team P/B) – 18’57”343
  2. Agustina Maria Apaza (Merida Argentina) – 19’17”678
  3. Raiza Goulao Henrique (Primaflor-Mondraker Rotor Ajram Capital Team) – 19’30”377
  4. Paula Quiros (Gili Bike) – 20’14”566
  5. Luciana Roland (Selección Argentina) – 20’34”495
  6. Ines Gutierrez (Massi) – 20’38”143
  7. Leticia Jaqueline Soares Candido (Audax Fsa) – 20’38”982
  8. Viviane Favery Costa (Cannondale Brasil Racing) – 21’14”594
  9. Hercilia Najara Ferreira De Souza (Ciclovia Team / Seja Biker) – 21’25”278
  10. Maria Fernanda Castro – 21’50”962

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

MTB90 premiará Flying Lap nos três dias da CIMTB Levorin

Atletas mais velozes ganharão R$ 500 cada um nos três dias de competição. Evento começa nesta sexta-feira (13). 

A Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin) oferece diversos prêmios aos campeões e desta vez a competição vai contar com mais uma bonificação. O MTB90 irá presentear o Flying Lap, os atletas mais rápidos de toda competição em cada dia. A mulher e o homem mais veloz ganhará R$ 500 cada um nos três dias de competição, independente da categoria. O evento começa nesta sexta-feira (13) e vai até o domingo (15).

O MTB90 está transmitindo a CIMTB Levorin tanto pelo canal do Youtube quanto pelo Facebook. Além das competições e resultados, você confere entrevistas com diversos atletas, comentários sobre equipamentos e técnicas de mountain bike. O MTB90 conta com  a participação especial do atleta Erick Bruske. O atleta, que foi vice-campeão Sub-23 da CIMTB Levorin 2017.

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.

Confira a ordem de largada do Contrarrelógio da CIMTB Levorin

O Start List da CIMTB Levorin foi divulgado. As competições começam nesta sexta-feira (13) com o primeiro estágio da Super Elite, o Contrarrelógio. As largadas se iniciam às 14h e cada ciclista larga individualmente, a cada um minuto. A ordem de largada respeitará o ranking atual da União Ciclística Internacional (UCI), ou seja, o atleta com maior pontuação no ranking será o primeiro a largar. Os competidores darão uma volta circuito de cerca de 5,7 km. A atleta que fizer a volta em menor tempo, é o campeão.

Confira a ordem de largada:

CIMTB Levorin 2018
A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 23ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike e Audax.Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.