Notícias

Sauípe: Raiza e Avancini levam a melhor no Contra Relógio

IMG_7017_Bruno_Fernandes

Foto: Bruno Fernandes/ noispedala.com.br

Após meses de expectativas em torno de como seria a etapa do Sauípe, atletas brasileiros, do Chile, Equador e Bélgica subiram nas bicicletas e deram início a grande final da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB).

A prova Contra Relógio fez as honras da casa e colocou os bikers para pedalar logo cedo. Montada no interior da Arena Sauípe, a largada indoor poupou nossos campeões dos 30ºC, temperatura típica da primavera na Bahia. Saindo da arena os atletas já se depararam com um visual de tirar o fôlego.  Logo no início do percurso, os bikers pedalaram próximos as dunas do complexo do Sauípe.

Em seguida, os atletas pedalaram por um campo de golfe e trilhas. Além disso, a galera pôde curtir o visual de uma das lagoas da Mata de São João, e ao cruzar a ponte de madeira, eles puderam sentir a brisa do mar no momento que pedalaram pelo coco garden. 

Foto: Bruno Fernandes/ noispedala.com.br

Foto: Bruno Fernandes/ noispedala.com.br

Após percorrer aproximadamente 15 km com a sua magrela Henrique Avancini, atual líder do campeonato, fez o melhor tempo da elite masculina e finalizou a prova com 32 minutos e 34 segundos. “Hoje eu larguei sem a segurança de que poderia vencer. O circuito tem uma dinâmica muito diferente. Andei com um pouco de cautela e tentei forçar mais nos bancos de areias. A prova foi bastante dura, mas foi um bom começo” empolga-se.

E teve gringo conquistando o segundo lugar do pódio. O belga Frans Claes terminou a prova com 32 minutos e 45 segundos.  O vice-líder da CIMTB, Rubinho Valeriano, conquistou a terceira colocação e cruzou a linha de chegada com 33 minutos e 6 segundos.

Entre as meninas da elite, apesar do desgaste físico devido ao número de competições, quem se deu bem foi a goiana Raiza Goulão. “A areia tá atrapalhando muito, deixou o circuito muito pesado, mas eu dei o meu máximo, essa prova foi toda no meu limite”, explica. Com a vitória de hoje, Raiza ganhou um gás a mais para brigar pelo título no domingo.

alexandra_serrano_isis.diamantino

Foto: Isis Diamantino/CIMTB

Isabella Lacerda, líder isolada da Copa, conquistou o segundo lugar no pódio ao concluir a prova com 42 minutos e 5 segundos. E não foi só o pódio masculino que teve presença gringa. Representando o Equador, Alexandra Serrano, deu trabalho para as meninas e conquistou o terceiro lugar com 42 minutos e 57 segundos.

 

Para Avancini, a prova de domingo vai ser muito dura principalmente pelo acumulo dos dias e pelas características do circuito. “É muito difícil vencer os bancos de areia a cada volta e pelo o que eu vi dos treinamentos, algumas seções já pioram, então vai ser muito difícil transpor” ressalta.

Amanhã, a partir das 8h, é a vez dos bikers encararem uma competição de short track. Apesar da pista ser mais curta, 1,2km, a prova exige força e muita técnica dos atletas.