Notícias

Economia movimentada, vocação esportiva comprovada. Parceria entre a centenária Divinópolis e CIMTB que promete ser duradoura

A Copa Internacional de MTB busca excelência esportiva e ser um mecanismo a mais para movimentar a economia das cidades que recebem etapas da competição. Participar de todas as esferas dos locais que abrigam a Copa é prova da preocupação da organização do evento em agregar valor para todos os envolvidos. E nesta primeira incursão em Divinópolis, poderemos notar um acréscimo em todos os aspectos para a cidade que completa seu primeiro centenário em 2012 tendo a Copa como uma dos eventos de comemorações desta data importante. Veja neste vídeo como a Copa movimenta a vida econômica das cidades-sede.

Para mostrar o quanto a Copa agita uma cidade não só pelo lado esportivo, confira alguns dados de São Lourenço, que recebeu a prova pela primeira vez em 2009 teve desempenho de mais de R$ 500 mil injetados na cidade em apenas no fim de semana da prova. Na cidade do Sul de Minas Os restaurantes e bares da cidade também ficaram movimentados durante o evento.

Em uma pesquisa realizada após o evento naquela oportunidade, 46% dos competidores tinham expectativa de gastar até R$ 50,00 com alimentação, outros 33% entre R$ 50,00 e R$ 100,00 e 15% acima de R$ 100,00. Além disso, 58% dos participantes gastaram com compras e/ou passeios turísticos pela cidade durante a realização do evento. A persistir esta média, com previsão de mais de 1000 atletas, restaurantes e demais fornecedores de alimentação poderão injetar mais de R$ 100 mil.

 

Outro dado  que pode gerar dividendos é no ramo hoteleiro. Eventos como a CIMTB atrai atletas brasileiros de todas as regiões do país e ainda estrangeiros de nações da América do Sul como Argentina, Colômbia, Equador e outros vizinhos que reconhecem a competição como a maior do continente, única Classe 1 na lista da UCI( União Ciclística Internacional). A ocupação média dos hotéis das cidades que recebem a Copa é de mais de 80% somente no fim de semana de provas.

Considerando que Divinópolis está na rota de duas grandes capitais (BH e São Paulo), além de regiões economicamente fortes como o Triângulo Mineiro, certamente o centenário da cidade terá mais um motivo para comemorar com a injeção esportiva,  financeira e exposição saudável para Minas Gerais e o restante do país por sua nova vocação: abrigar os melhores bikeres da América do Sul.