Notícias

Dobradinha: Argentinos são os campeões do Short Track na etapa de Araxá

Catriel Soto e Agustina Apaza foram os campeões. Prova aconteceu na manhã deste sábado (4)

Catriel Soto foi campeão de segundo dia em Araxá Foto: (Magnus Torquato/Fotop)

E não deu outra, os argentinos venceram de novo, dessa vez no segundo dia de provas da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin). Repetindo o feito do primeiro dia, os lugares mais altos do pódio do Short Track (XCC) ficaram com o atleta Catriel Soto na Elite Masculina, e Agustina Apaza que foi a campeã da Elite feminina.

Debaixo de sol forte, a disputa foi pesada entre os 88 atletas da elite masculina, na manhã desde sábado (4). O atleta brasileiro Henrique Avancini, e o holandês Hans Becking, formaram o primeiro pelotão em boa parte da prova, mas Soto venceu nas voltas finais, com um tempo total de 39 minutos 39 segundos.

“Ontem e hoje foi muito importante para mim, eu me adapto muito fácil a esse tipo de competição, mas não deixou de ser uma prova muito dura por conta dos níveis dos atletas. Estou feliz pela minha atuação, porque a sensação tem sido boa, uma preparação para chegar a próxima competição que é em Colômbia, mas eu sei que amanhã será uma prova muito dura” disse o campeão.

Logo atrás, com apenas 6 segundos de diferença, veio o português David Rosa. Mesmo com um problema na parte mecânica, ele fez um ritmo estável e garantiu seu lugar na competição. “É uma corrida muito curta, explosiva, eu já estava esperando isso porque como é uma corrida curta, na primeira volta eu fiquei mal colocado em 11º, depois em uma subida longa consegui me colocar, custou um esforço. Depois estávamos em um grupo, giramos um pouco o ritmo, tive um problema na mecânica, e tive que fazer um ritmo estável. Estou muito satisfeito porque não sou um corredor exclusivo desta modalidade, especialmente com Soto, que foi campeão do mundo de Eliminator. Estou muito feliz com o resultado”, disse.

Agustina fez melhor tempo no feminino (Foto: Luis Blanco/Fotop)

Entre as mulheres o clima esquentou por conta das atletas brasileiras Letícia Cândido (TSW Racing Team) e Viviane Favery (ROSE Vaujany fueled by ultraSPORTS) que pedalaram forte durante toda a prova e conquistaram o segundo e terceiro lugar respectivamente. “Hoje apesar do terreno estar socado eu também tomei um tombo, mas foi uma falta de atenção naquele calor da prova. Mesmo assim o terreno hoje estava bem melhor pra mim em comparação o de ontem e isso me ajudou na colocação”, afirmou Letícia.

Mesmo com o esforço das brasileiros, Agustina fez um tempo de 38 minutos e 33 segundos e conseguiu dominar a maior parte da prova. “Hoje estávamos todas nervosas porque é uma prova muito curta e muito rápida. Na primeira volta fomos juntas e todas fortes e na segunda volta eu consegui abrir um pouco, tive uma caída, mas logo eu voltei firme de novo e consegui abrir novamente”, contou

A pista do Short Track (XCC) possui cerca de 2 km. A Super Elite Masculina e a Feminina largaram em baterias finais separadas sendo que os atletas pedalaram 25 minutos mais duas voltas para finalizar o percurso. O alinhamento da largada foi feito com o resultado da prova de XCT de sexta-feira.

A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020 e também para o ranking Brasileiro, Mineiro e Paulista.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 22ª Edição em 2017. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Specialized, Sense Bike e Audax.

Acompanhe tudo de um dos principais eventos do mountain bike mundial pelas redes sociais. Lá você encontrará fotos e vídeos dos atletas e das provas.