Notícias

Disputas pelo título vão pegar fogo na Bahia

A partir do dia 4 de outubro, bikers de todas as partes do país darão início à quinta etapa da CIMTB na Costa do Sauípe, onde serão definidos os campeões de 2013.

9546369294_fa35f816fd_b

Foto: CIMTB/Bruno Sena

As finais da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike e da Copa de Amadores de MTB serão realizadas em um dos lugares mais paradisíacos do Brasil, a Costa do Sauípe. A última etapa da competição terá formato inédito: para a Superelite Masculina e Elite Feminina, serão três dias de competições que irão somar pontos para o ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional).

Na Super Elite, Henrique Avancini, atual líder, surpreendeu ao vencer as etapas de Divinópolis e a maratona da cidade histórica de Congonhas. Rubens Donizete perdeu a liderança na quarta etapa mas continua pedalando em busca do título. Na cola deles está Ricardo Pscheidt que ocupada a terceira colocação.

Se Rubinho quiser continuar com o título de campeão da CIMTB, vai ter que cruzar a linha de chegada em primeiro lugar e torcer para que Avancini ficar pelo menos na 6ª colocação. Já para o catarinense Pscheidt a situação é um pouco mais complicada, pois mesmo que vença a competição, o atleta não conseguirá ser campeão. Pscheidt ainda pode brigar pelo vice-campeonato se terminar a prova no primeiro lugar, e se Rubinho ficar na 14ª colocação.  Tudo pode acontecer e todo cuidado durante o percurso será pouco.

O clima também está quente entre as meninas da Elite. Na liderança absoluta da CIMTB está Isabella Lacerda, bicampeã da etapa de Congonhas. A pentacampeã da CIMTB, Erika Gramiscelli, atualmente ocupa o segundo lugar da competição, seguida da mais nova promessa do mountain bike, Raiza Goulão.

As três belas têm chances de conquistar o título. Para Erika sagra-se hexacampeã, a atleta vai ter que vencer a etapa do Sauípe e torcer para que Isabella termine a prova em 10º lugar. Se Raíza quiser ser a campeã, a atleta vai ter que pedalar muito e contar com a sorte. Raíza precisa chegar em primeiro e torcer para que Erika chegue em 3º e que Isabella termine em 13º lugar.

As promessas do MTB brasileiro também anunciam uma prova super disputada na grande final. Na categoria Junior, José Gabriel de Almeida está isolado na ponta e mesmo que termine em último lugar, já é o campeão deste ano. O bicho vai pegar entre o segundo colocado Osmar Junior e Naydson Cortes. Para Naydon terminar a competição em 2º lugar, o atleta vai ter que vencer a prova e torcer para que Omar cruze a linha de chegada após a 2ª colocação.

E muita poeira vai rolar entre os “tios” da CIMTB. Na categoria Over 60 não tem nada definido. Hélio Vilela está na ponta do campeonato, mas a diferença dele para o segundo colocado, Valdemar Soares, é de apenas 20 pontos. O atleta Wilton Mendes está na cola deles para conquistar o primeiro lugar. Para ser campeão, Wilton precisa vencer e contar que Hélio cruze a chegada após o 5º lugar e que Valdermar termine a competição após a 2ª colocação. Façam suas apostas.

Foto: CIMTB/ Bruno Sena

Foto: CIMTB/ Bruno Sena

A turma da categoria PNE (Para-deportista) já são os verdadeiros campeões da vida e da CIMTB, afinal, todos os dias eles travam uma batalha diária de superação. Além disso, essa turma tem dado um show no mountain bike. Jefferson Sipimpolo lidera a lista de campeões. Em seguida está José Antônio de Araújo com uma desvantagem de 60 pontos em relação ao primeiro. O dono do 3º lugar é Walmir Fonseca que ainda pode brigar pelo vice-campeonato. Para Antônio ser campeão, ele vai ter que vencer a prova e ficar na expectativa de que Jefferson não pedale muito e termine o trajeto após a 11ª colocação.

A briga pelo título 2013 está super disputada entre a galera da sub-15. Lucas Silva é o nome que encabeça a lista da pontuação. Logo atrás, na cola de Lucas está Guilherme Rodrigues que vai suar muito para tirar a diferença de 49 pontos. Matheus de Oliveira é o dono do 3º lugar que também pode ser campeão se vencer, além de depender da combinação de resultados dos dois primeiros colocados.

A liderança da Sub-17 está nos pedais de Erick Bruske, no entanto Gilberto Filho também quer vencer a CIMTB e promete dar trabalho ao atual líder. A diferença entre os dois é de 33 pontos, e Bruno Sabino, dono da terceira colocação, também vai entrar na briga pelo título 2013.

A molecada da Sub-15 também tem dado um show nas etapas da Copa Internacional. A briga pelo título está entre o primeiro colocado Lucas Sírio, Guilherme Rodrigues e Matheus de Oliveira, segundo e terceiro lugar respectivamente. Se Guilherme estiver sonhando com o pódio, é melhor colocar muita força nas pernas para chegar em 1º, além de contar com a sorte. Lucas Sírios tem  que terminar a prova após o 9º para ajudar Guilherme. Para Matheus a situação é um pouco mais complicada, mas não é impossível. Matheus vai ter que vencer a prova e torcer para que Lucas termine a competição após o 10º e Guilherme fique a partir do 3º.

Os atletas da Sub-23 só vão saber quem será o campeão no último segundo, assim que cruzarem a linha de chegada. O atual líder, Frederico Nascimento, está apenas a dois pontos de vantagem de Luiz Henrique Cocuzzi. Já o terceiro colocado, Guilherme Muller, vai ter que pedalar para manter a posição no Copa e terminar a temporada 2013 na mesma colocação. Cada centímetro da pista será decisivo para definir o campeão da categoria.

O líder da Sub-30, Juliano Mariano, respira aliviado na competição, mas José de Sousa ainda tem chances de levar para casa o campeonato, então é bom Juliano abrir o olho. Com diferença de 60 pontos em relação ao primeiro colocado, José vai ter que vencer a competição e ficar na expectativa de que Juliano chegue após o 11º. Já o terceiro colocado, Caio Paixão, teria que vencer a prova e torcer para que Juliano não pontue, além de contar com a sorte que José termine após a 3ª colocação.

Na categoria Sub-35, Marcelo Manoel lidera com uma boa vantagem de pontos, entretanto, César Moura vai pedalar para tirar essa diferença e ser o campeão da categoria. César terá que vencer a disputa e torcer para que Marcelo chegue após o 8º. Uirá de Castro, terceiro colocado, vai ter que vencer a prova e torcer para que Marcelo não pontue na copa, além da esperança que César termine a competição após a 6ª colocação.

Marconi Ribeiro, líder da Sub-40, vai chegar ao Sauípe um pouco mais tranqüilo, afinal ele tem 32 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, Silvio Amorim. Como nada está definido até o último segundo da prova, Silvio ainda pode ser campeão se vencer a disputa e se Marconi terminar na 6ª posição ou mais. Assim como Silvio, o terceiro colocado, Flávio de Oliveira, ainda pode pedalar pelo título. Para ser campeão Flávio vai ter que vencer a prova e ficar na torcida para que Marconi feche a prova em 11º ou mais e Silvio termine após o 4º colocado.

Na Sub-45 ainda há chances de título para o segundo colocado, José Santos, que está a 77 pontos do líder, Abraão Azevedo. Para ser campeão José vai ter que terminar a prova em primeiro lugar e contar com a sorte, afinal, Abraão terá que completar o circuito na 24ª posição ou mais. DSCF2239O dono do terceiro lugar, Robson Silva, também está em uma situação complicada. Pra ser campeão o atleta vai ter que vencer a competição e ficar na expectativa que Abraão não complete a prova e José seja o 2º colocado ou mais.

Luiz Neto da Sub-50 é mais uma atleta que já pode comemorar o campeonato 2013. Com uma vantagem de 80 pontos, o atleta só perde o título se o segundo colocado, Cláudio Roberto Souza,se tiver algum problema que o tire da competição antes do tempo previsto. No entanto, Celso Melo vai entrar na competição para terminar a temporada como vice-campeão. Para que isso aconteça, Celso terá que cruzar a linha de chegada em primeiro lugar e torcer muito para que Cláudio termine em 12º ou mais.

A situação da categoria Sub-55 é bem parecida com a da Sub-50. O atleta Dorival de Abreu está isolado na ponta com 180 pontos, enquanto Eduardo Ramires aparece na segunda posição com 120. Eduardo quer ser campeão, mas para isso terá que vencer a prova, além de contar com a sorte que o primeiro colocado pontue no máximo 19 pontos. O biker Luiz Rovetta também tem chances de conquistar o pódio, mas pra isso terá que vencer e contar com o apoio da combinação de resultados dos dois primeiros colocados.

Disparado na frente está o ciclista, Dilermando Melo, na categoria Sub-60. Com 80 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, Hermes Santana, o atleta só perde o título se ficar de fora da competição. Para Ailton do Santos o título está um pouco distante, mas não é impossível. O atleta depende de uma combinação de resultados mais complicada. Além de Dilermando não pontuar, ele teria que ficar na expectativa para que Hermes ficasse em 10º lugar ou mais.

Algumas categorias já têm seus campeões pré-definidos, mas tratando-se de esporte tudo pode acontecer.