Notícias

CIMTB Levorin de São João garante 686 pontos a brasileiros e ajuda país no ranking para Rio 2016

São Paulo (SP) – A Copa Internacional Levorin de Mountain Bike mais uma vez ajudou os brasileiros nos rankings da UCI (União Ciclística Internacional). Realizada entre sexta-feira (15) e domingo (17) passados, a etapa de São João del-Rei da maior competição de Mountain Bike da América Latina distribuiu 686 pontos UCI entre os brasileiros que competiram na júnior e na super elite. A pontuação foi fundamental para as pretensões dos ciclistas da elite em relação à Olimpíada de 2016.

Somados, os brasileiros que competiram na super elite obtiveram 191 pontos: 23 no Eliminator (XCE) e outros 168 no Cross Country (XCO). O resultado aumentou a pontuação do Brasil para 1935 no ranking olímpico masculino, o que pode fazer o país ganhar três posições e passar de 12º para nono, posto que garante dois representantes do país na Olimpíada. A somatória final após os três dias de competição ajudou quatro brasileiros em especial: os mineiros Rubinho Donizete (AOO Specialized, 40 pontos) e Gulherme Müller (LM/Shimano, 30 pontos), o carioca Henrique Avancini (Cannondale, 25 pontos) e o paulista Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano, 24 pontos). O resultado deve manter Avancini no top 10 mundial e pode colocar Rubinho entre os 50 melhores do mundo.

Já as brasileiras conseguiram 121 pontos: 20 no Eliminator (XCE) e 101 no Cross Country (XCO). O resultado aumentou a pontuação do Brasil para 2163 no ranking olímpico, o que deve manter o país na décima colocação do ranking olímpico, posto que garante uma representante na Olimpíada. A somatória final após os três dias de competição ajudou as três melhores brasileiras no ranking mundial: a goiana Raiza Goulão (AOO Specialized, 40 pontos) e as mineiras Isabella Lacerda (LM/Shimano, 36 pontos) e Erika Gramiscelli (Funvic Soul, 26 pontos). O resultado pode fazer Raiza ganhar duas posições e subir para o 27º lugar, alçar Isabella da 34ª para a 32ª posição e colocar Erika em uma posição acima do 40º lugar que ocupa atualmente.

A CIMTB Levorin de São João também foi importante para inserir os brasileiros da júnior no ranking da UCI, uma vez que a competição valeu como etapa da Junior Series, espécie de mundial da categoria. No feminino, as brasileiras dominaram e garantiram 232 pontos. Os destaques foram: a paulista Jaqueline Borba (Lar/Scott/Shimano), cujo título e os 60 pontos conquistados podem garanti-la no top 10 do mundo, e a mineira Larissa Brasa (Specialized Hoffmann XCO), terceira colocada que pode aparecer entre as 25 melhores no ranking mundial graças aos 30 pontos somados. No masculino, os brasileiros conquistaram 142 pontos, e o destaque foi o catarinense Érick Bruske: com o quarto lugar no pódio, o ciclista da AOO Specialized somou 25 pontos, resultado que pode colocá-lo no top 15 do mundo.

Comissário da UCI exalta organização – O comissário da UCI Jason Howard, do Canadá, trabalhou pela primeira vez na etapa de São João del-Rei da CIMTB Levorin. A estrutura montada e a organização da competição surpreenderam positivamente Jason, para quem o evento foi um sucesso.

“Foi minha primeira vez em São João del-Rei, mas a organização do evento esteve no mesmo patamar da abertura de 2014, em Araxá, onde estive. A organização comandada pelo Rogério (Bernardes) é muito profissional, e me sinto muito orgulhoso por fazer parte disso”, ressaltou Jason.

Na opinião de Jason, a realização da Olimpíada de 2016 no Brasil confere importância ainda maior à CIMTB Levorin, uma das principais fontes de pontuação para os ciclistas que querem competir no Rio de Janeiro. “Alguns dos melhores ciclistas e treinadores do mundo são brasileiros, e é por isso que a UCI promove competições aqui. Será fabuloso ver atletas das mais diversas nacionalidades competindo no Rio 2016”.

O comissário ainda destacou a inclusão de São João del-Rei como etapa da UCI Júnior Series. “É muito empolgante ter o mundial júnior aqui no Brasil, ver os jovens com a oportunidade de competir num nível alto. Além disso, é um passo importante para o desenvolvimento de ciclistas que futuramente estarão na elite”.

CIMTB Levorin aquece economia de São João – A segunda etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike não ficou restrita ao aspecto esportivo. O evento, realizado pelo terceiro ano consecutivo em São João del-Rei, garantiu benefícios econômicos e sociais para a cidade mineira.

Segundo cálculos dos organizadores e da prefeitura municipal, a taxa de ocupação dos 1.600 leitos disponíveis na cidade atingiu quase 100%, sem contar a ocupação significativa nas demais cidades da região. Somando gastos com hospedagem, alimentação e comércio em geral, o impacto econômico total girou em torno dos 2 milhões de reais.

“Como não bastassem os inúmeros elogios de brasileiros e principalmente de estrangeiros à organização do evento, a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike novamente foi um sucesso em termos econômicos para a cidade-sede. Em nome de todas as pessoas envolvidas na realização da Copa, gostaria de agradecer a todos os cidadãos de São João del-Rei, à prefeitura e secretarias da cidades, que mais uma vez abraçaram o evento e recepcionaram da melhor forma possível todos os visitantes”, afirmou Rogério Bernardes, organizador da principal competição de Mountain Bike da América Latina.

A terceira e última etapa da temporada será em Congonhas (MG), de 6 a 8 de novembro. A Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 20ª Edição em 2015. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e o co-patrocínio de LM Bike, Shimano, Specialized e Audax.

Vídeo-release está disponível – A OX Vídeos acabou de disponibilizar 19 minutos de imagens do vídeo-release da CIMTB Levorin de São João del-Rei. São imagens de todas as competições, algumas tomadas aéreas, e entrevistas com os vencedores. Para baixar, clique aqui.