Notícias

A importância da CIMTB no ranking mundial da UCI

Olá pessoal,

O calendário brasileiro nunca esteve com tantas provas contando pontos para o ranking mundial no mountain bike. Entre elas destacamos as etapas de XCO da CIMTB que são as únicas como Classe 1 e que somam grande parte dos pontos oferecidos aos atletas e aos países no ranking das confederações.

Abaixo fizemos uma descrição de como funciona a pontuação da CIMTB no ranking da UCI e a importância para o Ciclo Olímpico.

Abraços,

Rogério Bernardes

Pontuação ranking mundial UCI: as provas Classe 1 (como são todas de XCO da CIMTB) somam ao todo 532 pontos (266 para Elite Masculina e 266 pontos para a Elite Feminina distribuído aos 15 primeiros) e os campeões (masculino e feminino) ganham 60 pontos.

Na prova da Costa do Sauípe, BA, a soma de pontos é bem maior mesmo sendo Classe 2 pois o formarto da prova XCS oferece mais. Serão colocados em jogo 1.330 pontos (665 para Elite Masculina e 665 pontos para a Elite Feminina distribuído aos 25 primeiros) sendo que os campeões ganham 80 pontos.

Dando tudo certo em 2013, e a prova passando para Classe 1 em 2014 (que é nossa meta), o número de pontos passará a ser de 2.168 (1.084 para Elite Masculina e 1.084 pontos para a Elite Feminina distribuído aos 34 primeiros) sendo que os campeões ganham 120 pontos.

Ciclo Olímpico 2016: com todos estes pontos em jogo o evento será muito importante para o Brasil e outros países na luta pelas vagas no Rio 2016. A definição dos países participantes nas olimpíadas é feita pelo Ranking das Confederações. Os países mais pontuados garantem vagas e dependendo da colocação o país consegue mais de uma vaga. Esta pontuação é feita pela soma dos pontos individuais dos atletas e por isso a CIMTB terá papel fundamental neste processo.

Se somarmos os pontos de todas as etapas (categorias elite masculina e feminina) teremos ano que vem 2.926 pontos distribuídos. Em 2014 se tivermos as mesmas etapas e a prova da Costa do Sauípe, BA, passar a ser Classe 1 aí serão 3.764 pontos distribuídos.

Com todos estes pontos os atletas brasileiros com certeza terão a presença de atletas de outros países como já tem acontecido para brigar pelos pontos. Os países que mais estiveram presentes nos últimos anos foram EUA, Suiça, Argentina, Chile, Peru, Equador.